Os benefícios do protetor solar são diversos, e estão relacionados à prevenção de doenças e envelhecimento precoce.

Proteger a pele do sol é um hábito saudável e fundamental. Ouvimos repetir a importância disso com frequência, em todos os lugares. Rádio, TV, web, redes sociais, revistas, quando chega o verão, todos os diversos canais de informação dispensam conselhos com o objetivo de nos capacitar e nos tornar cada vez mais conscientes dos benefícios do protetor solar.

Os dermatologistas, acima de tudo, destacam  a importância de uma boa proteção solar, para evitar, ou pelo menos minimizar os danos causados pelo excesso de exposição solar, e quando o fizer, preferir horários com menos radiação solar.

Hoje, falaremos um pouco melhor sobre os benefícios do protetor solar, para que você entenda de uma vez por todas sobre a sua importância em nosso cotidiano.

Os raios do sol

A luz solar é composta por três tipos diferentes de ondas:

  • Luz visível;
  • Raios infravermelhos;
  • Raios ultravioleta (UV).

As diferenças entre esses três tipos de radiação dependem do comprimento de onda e da frequência. 

A luz visível  é aquela que ilumina nossa terra, e uma pequena parte do nosso bronzeado também depende dela. A radiação infravermelha é a única responsável pelo “aquecimento”, é de baixa energia e não é perigosa para a nossa saúde. 

Depois, há os raios ultravioleta, que se dividem em: UVA-UVB e UVC. Os UVC são aqueles com um nível de energia mais alto com os quais entramos em contato, mas felizmente são absorvidos principalmente pela atmosfera e apenas uma quantidade mínima não pode atingir nossa pele. Os raios UVB são raios de energia média, sendo os maiores responsáveis pelas queimaduras solares.

Eles também são parcialmente filtrados pela atmosfera, que atualmente consegue bloquear cerca de 95% deles. No entanto, devido ao buraco na camada de ozônio, essa porcentagem infelizmente está diminuindo. E, finalmente, existem os raios de baixa energia: UVA.

Estes últimos constituem a maior parte da radiação ultravioleta que atinge a superfície terrestre e, entre os 3 tipos de raios ultravioleta, são os maiores responsáveis pelo bronzeamento. No entanto, como os UVA são mais penetrantes do que os UVB, seus efeitos na saúde são visíveis a longo prazo.

A importância e os benefícios do proteção solar

Uma exposição solar imprudente e sem os devidos cuidados pode causar diversos danos, danos diretos como desidratação, vermelhidão, queimaduras solares e eritema, e também danos indiretos, danificando o sistema natural da pele por dentro.

Além do dano térmico, portanto, existe o risco de dano energético que envolve reações de envelhecimento: envelhecimento prematuro, aparecimento de rugas, descoloração da pele, mecanismos de degeneração até formas tumorais como o melanoma.

Eritema solar, o que é?

Um dos benefícios do protetor solar é evitar o eritema. As queimaduras solares são os efeitos agudos mais conhecidos da exposição excessiva e não progressiva à radiação ultravioleta.

O eritema solar consiste no aparecimento de uma vermelhidão típica da pele, muitas vezes acompanhada de ardor e inchaço da área afetada.

Envelhecimento da pele

Outros benefícios do protetor solar é retardar o envelhecimento da pele causado pela exposição constante e direta aos raios do sol que citamos. O envelhecimento cutâneo se manifesta com o aparecimento precoce e acentuado de manchas e outras lesões que afetam a pele, aumento da espessura, ressecamento, aspereza e redução da elasticidade principalmente nas áreas mais expostas ao sol como rosto, pescoço e mãos.

A principal causa do aumento da incidência de melanomas registrado nos últimos cinquenta anos está relacionada à redução progressiva da camada de ozônio na atmosfera e aos hábitos incorretos de exposição ao sol.

Uma exposição solar correta e não prolongada, utilizando as proteções necessárias, é de fundamental importância para impedir este aumento. Utilizar um protetor solar vegano traz ainda maior eficácia na proteção, pois utiliza ingredientes naturais, que não vão agredir sua pele e nem o meio ambiente.

A importância da prevenção

Nos últimos 30 anos, houve não apenas um aumento no número de casos de melanoma, mas também uma diminuição na idade média de início do melanoma. O aumento na incidência registrada também é altamente provável de ser atribuído à exposição excessiva e incorreta ao sol.

Nosso último entre os benefícios do protetor solar, como o exemplo do produto vegano, é a menor chance de ser acometido por melanoma.

Uma vez que a exposição ao sol e o bronzeamento artificial são os únicos fatores modificáveis entre os fatores de risco tumoral, é claro como a proteção solar adequada é indispensável, especialmente no caso de pessoas sensíveis ou crianças, cuja pele é mais fina que a dos adultos e capaz de “memorizar” os danos.

Os especialistas, com razão, insistem na prevenção. Portanto, use protetor solar e visite a praia em horários em que o sol está menos forte, preferencialmente antes das 9hs da manhã e somente após as 16hs da tarde. Até a próxima!